Definitivamente, Marx não foi um economista clássico!

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Adriano Lopes Almeida Teixeira

Resumo

Fugindo das análises usuais sobre a relação entre Marx e os clássicos, que destacam apenas a incorporação ou a rejeição de aspectos teóricos destes últimos por aquele, o presente artigo busca realçar que a crítica da economia política de Marx restou realizada a partir do momento em que ele conseguiu submeter o objeto de pesquisa dos economistas clássicos a uma operação específica, embora de cariz hegeliano. O movimento de suprassunção (Aufhebung) comandado pelo método dialético de Marx aparece, pois, como recurso inescapável do projeto marxiano, lançando luzes sobre o lugar da economia política clássica na obra teórica de Marx.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos

Referências

BÖHM-BAWERK, Eugen von. A Teoria da Exploração do Socialismo Comunismo. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises Brasil, 2. ed., 2010.

DE PAULA, João. A. A “Introdução” dos Grundrisse. In: ___. (Org.). O Ensaio Geral: Marx e a crítica da economia política (1857-1858). Belo Horizonte: Autêntica, 2010, p. 89-108.

DE PAULA, João. A. e CERQUEIRA, H. E. A. da G. Isaac I. Rubin e sua história do pensamento econômico. Textos para discussão nº 469. Belo Horizonte, 2013. Disponível em: http;//www.cedeplar.ufmg.br/pequisas/td/TD%20469.pdf.Acesso em: 20 mar. 2015.

DOBB, Maurice. Marx como economista. In: Marx e o Socialismo. São Paulo: Expressão Popular, 2003, p. 57-95.

FINE, Ben.; SAAD FILHO, Alfredo. Marx’s ‘Capital’. Londres: Pluto Press, 2010.

ENGELS, Friedrich. Esboço de uma crítica da Economia Política. São Paulo: Ciências Humanas, 1979.

HEINRICH, Michael. An Introduction to the three volumes of Karl Marx’s Capital. Nova York: Monthly Review Press, 2004.
KOFLER, Leo. História e dialética. Estudos sobre a metodologia da dialética marxista. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2010.
LUKÁCS, George. História e Consciência de Classe. Ensaios sobre a dialética marxista. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
LUKÁCS, Georg. Para uma Ontologia do Ser Social. Rio de Janeiro: Editora Boitempo Editorial, v. 1, 2012.
MARX, Karl. Glosas Marginales al “Tratado de economia política” de Adolph Wagner. In: DOBB, Maurice (Org.). Estudios sobre El Capital. 2. ed., México: Siglo XXI, 1977.
MARX, Karl. O Capital. Livro III, v. VI. São Paulo: Difel, 4. ed., 1985a.
MARX, Karl. O Capital. Livro III, v. III, Tomo 2. São Paulo: Abril Cultural, 1985b.

MARX, Karl. Teorias da Mais Valia. Livro IV, v. III, São Paulo: Difel, 1985c.

MARX, Karl. Prefácio à Contribuição à Crítica da Economia Política. In: ___. Para a Crítica da Economia Política. Salário, Preço e Lucro. O Rendimento e suas Fontes. São Paulo: Abril Cultural, 2. ed., p. 23-27, 1986a.

MARX, Karl. Introdução [à Crítica da Economia Política]. In: ___. Para a Crítica da Economia Política. Salário, Preço e Lucro. O Rendimento e suas Fontes. São Paulo: Abril Cultural, 2. ed., p. 03-21, 1986b.

MARX, Karl. Salário, Preço e Lucro. In: ___. Para a Crítica da Economia Política. Salário, Preço e Lucro. O Rendimento e suas Fontes. São Paulo: Abril Cultural, 2. ed., p. 133-179, 1986c.

MARX, Karl. O Capital. Livro I, v. I. São Paulo: Editora Bertrand Brasil, 13. ed., 1989.

MARX, Karl. O Capital. Livro I, v. I. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996a.

MARX, Karl. O Capital. Livro I, v. II. São Paulo: Editora Nova Cultural, 1996b.
MARX, Karl. Miséria da Filosofia. São Paulo: Editora Expressão Popular, 2009.
MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Cartas sobre el capital. Barcelona: Laia, 1974.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Collected works. Moscou: Progress, v. 38, 1982.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Collected works. Moscou: Progress, v. 40, 1983.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Collected works. Moscou: Progress, v. 42, 1987.

MÜLLER, Marcos L. Exposição e método dialético em O Capital. In: Boletim SEAF, n. 2. Belo Horizonte: SEAF, 1982. Disponível em: http://orientacaomarxista.blogspot.com.br/2010/10/exposicao-e-metodo-dialetico-em-o.html. Acesso em: 10 fev. 2015.
MUSTO, Marcello. A formação da crítica de Marx à economia política: dos estudos de 1843 aos Grundrisse. Revista Crítica Marxista. São Paulo, n. 33, p. 31-65, 2011.

PRADO, Eleutério F. S.. Do dinheiro ao capital. Artigo 19, 2012. Sítio Pessoal. Disponível em: http://eleuterioprado.files.wordpress.com/2011/11/marx-do-dinheiro-ao-capital.pdf. Acesso em: 07 fev. 2015.

RUBIN, Isaac. I. A teoría marxista do valor. São Paulo: Editora Polis, 1987.

TEIXEIRA, Adriano L. A. A Genealogia da mais-valia: Filosofia, Economia e Crítica da Economia Política. 224f. Tese (Doutorado em Economia) - Faculdade de Ciências Econômicas, Cedeplar, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2014.

VAZ, Henrique. L. Sobre as fontes filosóficas do pensamento de Karl Marx. Revista Nova Escrita/Ensaio especial – Marx Hoje. São Paulo, ano V, n° 11/12, 1983, p. 147-160.