O protagonismo das mulheres na Revolução Russa dos antecedentes ao legado

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Paula Martins Sirelli
Suenya Santos Cruz

Resumo

Nesse início do século XXI a pauta feminista continua sendo atual numa conjuntura em que as mulheres permanecem como alvo privilegiado de situações de violência sendo vítimas de exploração, opressões, violações e homicídios.  Contudo, na atualidade os movimentos feministas apresentam uma pulverização política que nem sempre recrutam a juventude feminista para as fronteiras revolucionárias no enfrentamento ao sistema capitalista em sua totalidade. No bojo da multiplicidade de correntes políticas feministas corre-se o risco de perder a herança do feminismo classista. Nesse sentido, passados 100 anos da Revolução Russa buscaremos retomar esse legado destacando o protagonismo das mulheres numa sociedade recém saída do czarismo absolutista assentado numa economia rural, com fortes traços patriarcais, portanto.  A partir desse legado intenciona-se colaborar com uma práxis política na contemporaneidade que rompa com a barbárie e retome a emancipação humana como um devir.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Paula Martins Sirelli, UFF Rio das Ostras

Professora do departamento interdisciplinar de Rio das Ostras da UFF, curso de Serviço Social.

Suenya Santos Cruz, UFF Rio das Ostras

Professora do departamento interdisciplinar de Rio das Ostras da UFF, curso de Serviço Social.